Tempo de Leitura: 4 Minutos

Aquela velha expressão “perdendo os cabelos”, que costuma ser usada em situações de tensão ou nervosismo, não são apenas palavras, mas o que acontece, de fato, em muitos casos de estresse: os fios de cabelo são, literalmente, perdidos.

Segundo a Dra. Luciana Passoni, ao passarmos por uma situação de estresse, o organismo libera cortisol, em conjunto com outros hormônios. O corpo busca, então, se proteger daquilo que lhe está causando desconforto.

Muitas pessoas, em quadros de nervosismo, tensão ou ansiedade reclamam da queda dos cabelos e isso é um dos sintomas relacionados ao estresse. A queda de cabelo provoca grande preocupação, mas Luciana Passoni explica: esse tipo específico de perda dos fios, provocada pelo estresse e estado emocional, é reversível. Desde que a causa do problema seja tratada e eliminada. Confira a entrevista:

Em linhas gerais, qual é o maior erro que as pessoas cometem nos cuidados gerais do cabelo?

Podemos enumerar diversos erros, falhas…

  • Lavar os cabelos com água muito quente.
  • Dormir com os cabelos molhados.
  • Usar o secador em temperaturas muito quentes, chapinha e baby liss todos os dias (nos cabelos molhados, então!! Ficam profundamente queimados, agredidos).
  • Realizar vários tratamentos juntos no cabelo. Ex. Luzes e progressiva. Isso poderá deixar os fios porosos e fracos demais.
  • Esquecer que cabelos precisam de Hidratação, Nutrição e Reconstrução (Cronograma Capilar)

Como saber se o estresse é o causador dos problemas com a saúde do cabelo? Quais são os maiores sintomas?

Cada pessoa tem uma percepção sobre o que é um problema causador dos sintomas do estresse. Quando determinadas situações são vivenciadas de forma contínua e com intensidade excessiva, o organismo deixa de ficar apenas em alerta e prepara uma reação de fuga, provocando esgotamento de energia mental, física e consequentemente causando danos. O organismo começa a apresentar sintomas físicos (dores de cabeça; dores de estômago; perda de libido; perda de cabelos; perda de peso; tonturas; etc), sintomas cognitivos (dificuldades de memória; vê apenas o lado negativo; ansioso; etc) sintomas emocionais (instabilidade de humor; depressão; agitação; etc), cada vez mais, as pessoas estão tendo que lidar com  altos níveis de estresse, e o excesso de tensão provoca diversas alterações hormonais e libera algumas substâncias químicas na corrente sanguínea, o que irá ocasionar a perda excessiva de fios.

Como é possível tratar esse problema, além obviamente do controle do estresse?

Situações de estresse são impossíveis de evitar, é possível ter o controle sobre como reagir a elas e se manter no comando da situação. Mudanças no estilo de vida podem auxiliar a lidar com as situações de estresse. Cuidados que devemos ter ao apresentarmos queda acentuada, motivados pelo estresse:

  • Planeje uma alimentação balanceada, quando não há alimentação saudável, os cabelos sofrem com a deficiência de nutrientes. Ingerir alimentos ricos em vitaminas do complexo B, por exemplo, ajuda a manter os fios saudáveis. Eles auxiliam o sistema imunológico e promovem a regeneração celular, incluindo o crescimento dos cabelos. São fontes destas vitaminas: ovos, peixes, leite e seus derivados, castanhas, abacate e vegetais verdes (brócolis, couve, espinafre, rúcula);
  • Melhorar a qualidade e quantidade de sono pode trazer diversos benefícios, poucas horas de sono deixam o indivíduo mais vulnerável a cometer erros, que causarão estresse. O repouso noturno é essencial para a aparência não só da pele, mas dos cabelos, também! O hábito de dormir pouco pode causar a queda aguda dos fios, uma vez que essa deficiência afeta o sistema imunológico e o aumento do hormônio cortisol (a privação das horas adequadas de sono leva ao aumento do estresse), que está ligado à saúde da pele e consequentemente do couro cabeludo.
  • Estar perto da natureza diminui os níveis de substâncias relacionadas ao estresse, melhorando a saúde mental, diminuindo a tensão e ansiedade;
  • Toma bastante água! Não esqueça de se hidratar;
  • Exercícios físicos podem gerar efeitos positivos no estado de humor do indivíduo, proporcionando um melhor bem-estar psicológico.
    Nunca esqueça: seu cabelo reflete sua saúde e bem-estar.

Como saber se meu cabelo está caindo por estresse ou por algum outro problema?

Ao passarmos por uma situação de estresse, o organismo libera cortisol, em conjunto com outros hormônios. O corpo busca procura se proteger daquilo que lhe está causando desconforto. No entanto, a constante liberação de hormônios afeta o organismo, que não consegue mais controlar o nível de substâncias químicas no sangue. O problema mais comum, mais fácil de identificar que a queda dos fios está relacionada ao estresse é o eflúvio telógeno, uma perda difusa de cabelos. Apesar de a condição afetar todo o couro cabeludo, poderá ocasionar a queda de cabelo em certos lugares e ser mais perceptível. Qualquer desequilíbrio emocional pode atrapalhar o ciclo de vida dos folículos pilosos, antecipando o estágio de queda.

Autor

Share.

Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento.

Leave A Reply

%d blogueiros gostam disto: