Tempo de Leitura: 2 Minutos

Qual é o limite da vida pública e privada?

Uma parcela da população tem se destacado na procura por fórmulas de se tornarem famosas. O que muitas delas não sabem são sobre os efeitos que a fama pode causar em sua vida pessoal. 

O glamour e diversos benefícios podem ser destacados como uma das maiores motivações para essa procura pela fama, mas a falta de privacidade que lhe é causado, acaba acarretando em uma grande quantidade de problemas.

Na matéria anterior, falamos sobre a exposição do artista e a cobrança por serem exemplos para a sociedade, e o quanto isso leva algumas dessas celebridades a utilizar drogas. Caso não tenha lido, indico que leia Fama, drogas e suas consequências.

Não sejamos inocentes, quando uma pessoa deseja entrar nesse mundo dos holofotes, ela certamente sabe sobre suas consequências de estar no centro das atenções. Entretanto, o ponto atual é de quando essa lanterna sobre si ultrapassa os limites.

Um famoso sabe que diversas partes da sua vida íntima será exposta nas redes, mas há momentos em que esses limites são ultrapassados e cada um acaba reagindo de um modo diferente. 

Vejamos por exemplo, talvez vocês não se lembrem do caso da cantora Ivete Sangalo. Em um show que a artista fez em 2013, um fã aproveitou o momento para realizar uma filmagem da calcinha dela. No mesmo instante, a baiana pegou o celular do homem e apagou o vídeo. 

Ivete Sangalo | Reprodução

A falta de respeito evidenciada neste momento, pode ser um guia para o que é a diminuição da vida privada de um artista. 

Outro mais recente é sobre o caso da atriz Marina Ruy Barbosa que se separou do marido e foi cogitado que ela estivesse tendo um caso. Sua vida sendo infiel ou não, não resulta em nada sobre sua carreira, o que pode significar que é irrelevante e uma falta de respeito com sua intimidade. Mesmo que tenha ou não ocorrido um caso, é um assunto entre ela e o ex-marido. 

Tocar em assuntos como esse é utilizar do sensacionalismo que infelizmente tem sido o método utilizado por tantos veículos de entretenimento.

Marina Ruy Barbosa | Reprodução

Poderíamos falar sobre diversos outros casos, mas nosso objetivo não é esse, mas sim o de especificar os limites de uma vida pública ou privada. 

É ultrapassado os limites quando algo da vida íntima de certa pessoa é disposta na mídia sem consentimento ou de forma que não agregue valor a sua carreira. 

Uma pessoa tem o total direito de tirar fotos íntimas como bem entender. O ato de divulgarem essas fotos sem que a pessoa saiba, é errado (não apenas para o caso de famosos). O que pode se encaixar na diminuição de seus direitos. 

Algo que não podemos deixar de destacar é o isolamento que essa fama gera na vida da pessoa. 

Quando se é famoso, é difícil imaginar alguém se envolvendo de forma honesta sem que haja um interesse. Um exemplo disso é Lady Gaga que chegou a declarar ao Daily News que não consegue pensar em uma única coisa que isola mais uma pessoa do que ser famosa.

Lady Gaga | Reprodução

No geral, é preciso se estar disposto e ter noção que quanto mais fã, mais sucesso. Quanto mais sucesso, mais assédio. Quanto mais assédio, menos privacidade. 

Autor

Share.

Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento.

1 comentário

  1. Pingback: A vida em um novo e enigmático normal pandêmico – Andrezza Barros

Leave A Reply

%d blogueiros gostam disto: