Diego Karter fala sobre projeto “EP Do Meu Interior” e inspiração em Deus

Com quatro faixas escritas e produzidas por Diego Karter, o EP Do Meu Interior é o próximo lançamento do artista pela Sony Music, gravadora onde estreou em 2018 com o EP Deus se Faz Presente.

Revelado ao grande público no reality musical The Voice Brasil, da Rede Globo, Diego traz um projeto com uma musicalidade acústica ao som de violões, pad e piano, dando uma plástica orgânica ao conteúdo.

O repertório abre com a canção Fogo, onde Diego apostou numa mescla entre um worship mais gourmetizado e o pentecostal, que foi bem representado pela cantora Kemilly Santos. Completando o setlist estão as faixas Sobre Viver, que já havia sido lançada no projeto Sony Music Live e agora traz uma roupagem feita em estúdio; Me Refaz, com a participação de Clayton O’Lee, da banda Discopraise, e que também tem uma versão no Sony Music Live; e Graça, com uma leve pegada congregacional.

Lançado recentemente, o EP “Do Meu Interior” pela Sony Music. Você poderia nos contar um pouco mais sobre o desenvolvimento do projeto e como foi a recepção com o público?

Diego: Sim, o EP acústico “Do Meu Interior” começou em 2019, mas na verdade, o sonho em realizar o projeto veio em 2018, através da canção DONO DO TEMPO que trouxe uma linguagem folk, porém brazuca. Nisso entendi que precisava produzir um álbum que trouxesse aquela leveza, com isso, iniciamos a produção pensando num EP ACÚSTICO e pra minha felicidade, foi bem recebido pelo meu público. O EP já conta com mais de um milhão de streams só no Spotify.

O seu reconhecimento como artista musical teve uma alavancada após a participação no reality musical “The Voice Brasil” em 2017. Esse momento é considerado especial para você até os dias de hoje? Como era o Diego de antes do programa?

Diego: Na verdade, o The Voice foi um divisor na minha vida. Antes dele estava seguindo independente e seguro dessa forma, na maioria das vezes é muito difícil. Após o The Voice, o leque, as portas se abriram, inclusive a minha entrada pra Sony Music.

Ainda a respeito do novo EP, o projeto apresenta quatro músicas autorais. Poderia nos contar uma pouco sobre o seu processo de criação, e quais foram suas inspirações?

Diego: Como diz o título cada canção foi escrita baseada nos momentos que eu estava vivendo, tudo o que se ouve no EP é o reflexo da minha vivência com Deus.

O novo repertório tem abertura com a execução da canção “Fogo”, onde foi feita uma mescla entre um workshop mais gourmetizado e o pentecostal. Como você conseguiu chegar nessa combinação, e contar com a participação da cantora Kemilly Santos?

Diego: Kemilly faz parte do time Sony Music e o contato com ela veio através disso. Nos falamos a primeira vez em uma Expo e desde então tive vontade de convida-la para um dueto. Quando escrevi a canção, logo percebi que havia chegado a hora, precisava ter a participação dela

Outra música que já teve uma versão conhecida pelo público é “Sobre Viver”, apresentada no Sony Music Live, que está com uma roupagem nova nesse EP. O que o fez querer regata-la no formato de estúdio?

Diego: A verdade é que Sobre Viver conversava demais com Me Refaz e Graça. O tema central do EP foi finalizado com ela que era mostrar o quanto somos pequenos e precisamos ser refeitos todos os dias, nascer de novo todos os dias, aprender a viver de acordo com o que Deus nos mostrou através da palavra.

Como foi gravar ‘Me Refaz”, com a participação de Clayton O´Lee, da banda Discopraise?

Diego: Sempre fui fã da banda Discopraise e minha admiração é gigantesca pelo Clayton. Para mim, ele é referência de ministro, pastor, artista… Resumindo, ele é completo (risos). Foi um grande presente tê-los nesse projeto.

“Do Meu Interior”, como você mesmo refere, é um projeto que Deus colocou no seu coração através de músicas que falassem de sua vivência. Como você considera seu relacionamento com Deus e como se expressa através da música?

Diego: Simples e direto. Deus espera que nós sejamos transparentes. Falar com Deus não é algo reservado apenas para grandes profetas, através de Jesus Cristo o caminho foi feito. Se você precisa de oração, ore você mesmo, pois Ele quer ouvir você falar, você dizer o que sente, o que precisa. Não que Ele não saiba, mas precisamos mostrar o quanto quereremos. Andar com Deus é viver o amor, seguir os passos de Jesus, é renunciar a carne, é abrir mão de si para beneficiar o outro.

Além do novo EP, existe algum planejamento para depois da pandemia?

Diego: Sim. O projeto DO MEU INTERIOR ainda irá continuar, como citei em outras entrevistas o álbum acústico é o início do projeto, ainda iremos continuar em 2021. Mas como não paramos (risos), já tem um single fresquinho para sair durante a pandemia com direito a videoclipe. Aguardem (risos).

Deixe uma mensagem.

Diego: Minha mensagem para os leitores é que, mesmo com esse momento crítico que o planeta tem vivido, não venha esmorecer, não venha desistir dos projetos que Deus colocou em seus corações. Continua seguindo, trabalhe, de o seu melhor, Ele vê seu esforço e não medirá esforços para realizar o que prometeu. Confie Ele está com você.

Entrevista feita em parceria com Luca Moreira.