Ícone dos anos 80, Dr. Silvana & Cia se apresentam neste sábado em live da Festa Ploc

Os fãs do pop rock dos anos 80 podem comemorar. Neste sábado (3), Dr. Silvana & Cia se apresentam na live da Festa Ploc, na plataforma Sua Festa em Casa. O show começa a partir das 18 horas. Os ingressos custam apenas R$ 10,00 e podem ser adquiridos no Site. A artista acumula sucessos desde meados dos anos 80, com músicas ecléticas e sucessos como “Eh! Oh!”, “Tide” e “Serão Extra” e “Taca a mãe pra ver se quica”

Sua Festa Em Casa foi lançada em agosto e vem ganhando espaço no mercado do entretenimento. A iniciativa dos sócios Clara Gazzaneo e Luciano Vianna, pretende revolucionar o mercado de lives trazendo não somente festas, mas também shows, palestras, aulas e espetáculos, tudo em um só lugar.

“Até hoje não existia uma plataforma que juntasse todo tipo de lives em um só lugar. Somos os pioneiros em criar uma ferramenta para agregar as festas online. O diferencial da Sua Festa Em Casa é a cuidadosa curadoria dos eventos. Aqui a programação é sempre pensada para agradar todo tipo de público”, explica Luciano,  DJ e sócio também na tradicional Festa Ploc, a maior festa retrô do Brasil.

Plataforma ‘Sua Festa em Casa’ revoluciona o mercado de lives e reúne festas, shows, palestras e espetáculos, tudo em um só lugar

Uma coisa é fato: as lives vieram para ficar e estão cada vez mais diversificadas. Pensando nisso, os sócios Luciano Vianna e Clara Gazzaneo criaram o Sua Festa em Casa, uma plataforma inédita que pretende revolucionar o mercado trazendo não somente festas, mas também shows, palestras, aulas e espetáculos, tudo em um só lugar. A novidade estreou neste mês de agosto e já traz na programação 47 festas diferentes, além de uma live show intimista com Fernando Deluqui, guitarrista do RPM.

“Até hoje não existia uma plataforma que juntasse todo tipo de lives em um só lugar. O objetivo do Sua Festa em Casa é ser esse espaço e a maior plataforma de lives do Brasil ainda neste ano. Trabalhamos com lives abertas ao público e também corporativas, exclusivas para clientes de empresas e para datas comemorativas. O mercado de lives é algo consolidado e, mesmo com a volta dos shows e festas presenciais, passa a fazer parte do dia a dia das pessoas. Como uma mistura de Spotify e Netflix”, explica Luciano, que já entende bem do mercado de eventos. Ele é DJ e sócio na tradicional Festa Ploc, a maior festa retrô do Brasil.

Para os espetáculos e palestras, o Sua Festa em Casa já iniciou a curadoria de programação e em breve divulgará novidades. Porém, quando o assunto é festa, os eventos online já estão rolando a todo vapor.

“Somos os pioneiros em criar uma ferramenta para agregar as festas online. O diferencial da Sua Festa Em Casa é a cuidadosa curadoria dos eventos. Aqui a programação é sempre pensada para agradar todo tipo de público, com transmissões de qualidade em vídeo e áudio em todas as lives. Para os artistas também oferecemos o diferencial de cuidarmos de toda a gestão de comunicação, operação e tecnologia, para que eles possam com tranquilidade focar naquilo que fazem melhor, que é o seu próprio talento e arte”, explica Clara, também sócia do projeto.

Luciano Vianna explica que o carro-chefe é a Festa Ploc, com duas edições semanais na plataforma. “Mas temos também muitos temas diferentes. Em agosto são 47 festas. Vamos de música indiana a pagode, passando por sertanejo, rock, música eletrônico, entre outros. Diversas festas terão Djs diferentes, mas tudo com a minha curadoria”.

Queremos ser a Netflix das lives”

Luciano e Clara estão com planos de crescimento para o Sua Festa em Casa e contam um pouco como funcionará a longo prazo para o público. “Temos a confiança de que este será o mais importante player deste mercado em ascensão. Queremos ser a Netflix das lives”, diz Clara.

“Neste primeiro momento estamos na fase de divulgação da plataforma para que todos conheçam. Depois trabalharemos com a assinatura do público e venda de pacotes de festas. O investimento foi compatível com a qualidade do produto e com a nossa confiança nele”, completa Luciano.

Fernando Deluqui no dia 29 de agosto

O primeiro show a ser realizado na Sua Festa em Casa já tem data marcada. No sábado, 29 de agosto, às 21 horas, a plataforma transmitirá uma live intimista com Fernando Deluqui, vocalista e guitarrista do RPM. O repertório inclui diversos sucessos do grupo. Além do show, haverá também um bate-papo e muita conversa com os fãs. Os ingressos limitados já estão à venda no Sympla pelo valor de R$30,00.

Agenda:

  • Segunda-feira, 19 horas (quinzenalmente) – Supercarioca (funk antigo) ou Old Skool (Hip Hop e Música Eletrônica)
  • Terça-feira, 19 horas (semanalmente) – Rockinho (rock nacional e internacional)
  • Quarta-feira, 19 horas (quinzenalmente) – Curry (música indiana dançante) ou Rasta Reggae (reggae)
  • Sexta-feira, 19 horas (semanalmente) – Festa Ploc + às 22h London Burning (indie, college, goth, 90s)
  • Sábado, 19h horas(quinzenalmente) – Wedding Party (música de todos os tempos dançantes e animadas) ou Flash 70 (flashback) + às 22h Festa Ploc
  • Domingo, 19 horas (quinzenalmente) – Sofrência (sertanejo) e Pagodin (pagode e samba)

DJ Menina Veneno fala sobre como é ser mulher na cena musical

arquivo pessoal

Sócia e DJ da Festa Ploc, a maior festa retrô do Brasil, Pillar Gama, conhecida artisticamente como DJ Menina Veneno, não tem medo de se posicionar e mostrar seu valor em um cenário em que o sexo masculino ainda é predominante. Há 5 anos no mercado como DJ, a carioca de 33 anos diz que e uma luta diária e persistente para ganhar seu espaço. Confira a entrevista:

Olá Pillar, tudo bem? Conhecida artisticamente como DJ Menina Veneno, quais são as maiores dificuldades que você enfrentou ou enfrenta para ganhar espaço neste meio onde existe uma predominância masculina?

“Em pouco tempo passei por algumas situações pontuais em que o machismo, o preconceito por ser mulher e o assédio em maior frequência, fizeram-se presentes”.

Quais dicas você daria para as mulheres que querem entrar no mesmo ramo, mas sentem algum tipo de receio por conta do preconceito tão constante do sexo oposto?

“Trabalhem esse receio/medo em vocês, porque não é saudável que isso as impeçam de seguirem as carreiras que gostariam. Esse receio é desnecessário, pois em qualquer profissão vocês terão que aprender a lidar com isso. Confiem no taco de vocês, se especializem, façam a diferença e não abaixem a cabeça quando estiverem com razão”.

arquivo pessoal
Como iniciou esse sonho de virar Dj? Tem algum Dj que se inspira?

“Ser Dj nunca foi um sonho, foi algo que aconteceu naturalmente. Sempre fui festeira, tive boate em casa durante toda a adolescência, numa mansão onde morava e dava festas todos os fins de semana, praticamente de quinta à domingo. Então, produzir shows e tocar na Ploc foi apenas conveniente, unir o útil ao agradável. Fui apaixonada pelo Avicci e ainda sou pelas obras dele, não é o único que admiro, mas sem dúvida ele sempre será uma grande inspiração”.

Já se arrependeu alguma vez de seguir a área? Ou alguma coisa te fez repensar seu caminho?

“Repenso meu caminho todos os dias, por uma questão de análise estratégica, mas nunca titubeei quanto ao quê quero. Sou extremamente decidida e firme nas minhas decisões, mas como quero muitas coisas, reflexões diárias fazem-se necessárias para estabelecer como e quando”.

Como surgiu o nome ‘Menina Veneno’?

“Surgiu num programa da Globo chamado ‘Como Será?’, num especial com temática anos 80, em que participei da produção. A Festa Ploc e seus artistas foram convidados a gravar e eu recebi a personagem ‘Menina Veneno’ (uma assistente de palco), das mãos da talentosa redatora Ingrid Zavarezzi como um mimo. Perguntei pra ela se poderia levar a personagem para a Festa Ploc, porém como DJ da Festa e ela adorou a ideia da personagem ganhar vida fora do programa”.

arquivo pessoal
Sabendo que tem tantas mulheres hoje em dia buscando mais espaço, diferente do que era visto alguns anos atrás. Como você vê a área de Dj no futuro?

“Não faço ideia. Talvez com o maior número de mulheres? Espero. Ser Dj hoje é completamente diferente de 15, 20 anos atrás. Hoje todo mundo tem acesso à programas de música, ainda que não sejam profissionais e se sentem um pouco Dj. Hoje, aquele Dj de boate faz show para multidões e assume papel de protagonista, muitos se posicionam como grandes artistas e de tanto o fazerem acabam mesmo se tornando. Não tenho essa ambição, festas Ploc à parte e algumas exceções, sou empresária e acadêmica, me sinto mera farrista (o que sempre fui) e espectadora. Bato palmas para todos que se arriscam de cabeça à seguir a profissão”.

Quais são suas metas para depois da pandemia?

“A número um é completar meus estudos, mas isso ainda levará alguns anos, se é que algum dia me darei por satisfeita e pararei de estudar (o que duvido muito que aconteça). As outras são: voltar com shows e festas presenciais e dar prosseguimento aos diversos novos segmentos que a Ploc Produções está abraçando”.

Deixe uma mensagem.

“Viva sem medo de ser feliz, seja íntegro e honesto e dê o melhor de si à tudo o que se propuser fazer”.

Sylvinho Blau Blau recebe Zé Henrique, da banda Yahoo em Live

Divulgação

Tendo sido um sucesso a primeira Live, além da intenção de trazer mais cultura e entretenimento para todos no momento de pandemia, a Festa Ploc, referência dos anos 80, reunirá alguns dos artistas para um novo show especial no próximo domingo (14).

Sylvinho Blau Blau receberá Zé Henrique, líder da banda Yahoo, cantando seus mais variados clássicos da música. O evento acontece diretamente do shopping Aerotown, no Rio de Janeiro. A Ploc Live Retrô, com abertura do DJ Dom LV, será transmitida ao vivo, a partir das 19 horas, pela TV Max, canal 25 e 525 da Net e na Ploc TV, no Youtube.

“Essas iniciativas promovem a produção cultural durante este período de quarentena. Nesse momento de isolamento social, a arte age como um ponto de equilíbrio”, diz o criador da PLOC, Luciano Vianna, o DJ Dom LV. A festa também tem como sócia Pillar Gama, a DJ Menina Veneno.