Filtr Next: novo programa do canal Filtr Brasil no Youtube revelará os bastidores no processo de construção da carreira do artista

Foi na busca de conteúdos inéditos e inspirados pela série Queer Eye, que surgiu o Filtr Next, novo programa da plataforma de entretenimento, que abordará as diversas áreas que envolvem o desenvolvimento da carreira musical de um artista, promovendo uma verdadeira transformação.

Filtr Next estreia sua primeira temporada no dia 5 de novembro. Serão seis episódios, disponibilizados no Youtube toda quinta-feira. Cada episódio trará especialistas do ramo como mentores em determinadas áreas importantes para a construção de carreira do artista.

“O Filtr Next faz parte de um grande pacote de conteúdos especiais que temos desenvolvido para a Comunidade Filtr, um ambiente onde as pessoas poderão acessar inúmeros formatos produzidos especialmente para quem se interessa por música e entretenimento, explorando toda a diversidade que o assunto possa proporcionar. No Filtr Next em especial, levaremos ao público uma parte desse universo antes restrito aos profissionais do meio. Um pouco da nossa experiência no desenvolvimento da carreira de novos artistas estará sendo contada”, explica Wilson Lannes, VP da Sony Music Brasil.

“Seguindo o propósito Filtr de aproximar artista e público estamos produzindo um portfólio de programas que além de desmistificar os bastidores, darão mais voz aos fãs. Temos o Filtr Next, que vai registrar e expor para os fãs os primeiros momentos de desenvolvimento da carreira de um artista e lançaremos em breve também dois novos programas: ‘O que faz desta música um hit?’, mostrando o processo de grandes produtores na construção de sucessos; e o ‘Hits Injustiçados’, que vai atender aos inúmeros pedidos de fãs para transformar uma música que, segundo eles, merecia ter sido ‘um grande single’, ou seja, ter recebido maior exposição”, conta Maria Clara Guimarães, Head de Digital Business da Sony Music Brasil.

O artista da primeira temporada do Filtr Next é Benjamín um jovem cantor que dará o pontapé inicial dentro desse projeto.

Com músicas autorais e apadrinhado por Xand Avião, Zé Vaqueiro inicia nova fase da carreira

Um dos principais destaques da nova geração da música, o forrozeiro Zé Vaqueiro lançou o álbum intitulado “O Original”. Divulgado durante evento realizado no Restaurante Bang’s Aldeota, em Fortaleza na última quarta-feira (30), o cantor deu voz aos novos hits em um pocket show. O evento, além de apresentar o novo álbum do cantor, ainda contou com a apresentação da produtora Vybbe, que terá Zé Vaqueiro no casting de artistas e o comandante Xand Avião a frente do novo projeto.

Além dos artistas, outras personalidades do forró marcaram presença no evento, como o forrozeiro Ávine Vinny e o produtor musical DJ Ivis. O novo álbum conta com duas composições, como “Cangote” e “Farra no Interior”, que também conta com a participação DJ Ivens e Val.

Além de outras novas canções como “Eu Tenho Medo”, “Meu Mel” e o sucesso “Confidencial”, contabilizando cerca de 15 canções no novo CD que varia entre músicas animadas e sofrências, sempre levando o ritmo do piseiro. Natural de Ouricuri (PE), Zé Vaqueiro conta com mais de 65 milhões de visualizações no Youtube e mais de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify.

Beto & Breno anunciam live no próximo sábado e contam mais sobre carreira

A dupla gravou e lançou em 2019 o DVD ‘Entre Amigos’, com as participações especiais de Fabiano Menotti (César Menotti & Fabiano), Eduardo Costa e Edy Brito & Samuel. A faixa ‘Amor de Bares’, que faz parte do trabalho, já está com quase 1,5 milhão de visualizações no YouTube | Foto: Amós Rodrigues

Quem é fã da legítima música sertaneja pode se preparar e marcar na agenda. Neste sábado, 27 de junho, a partir das 16 horas e 30 minutos, a dupla Beto & Breno apresentará a live ‘Amor de Lares’. Um show romântico e animado, com mais de três horas de duração, baseado no DVD ‘Entre Amigos’, que promete esquentar o público neste inverno por meio do canal oficial dos artistas. Grandes hits e modões farão parte da apresentação, além das canções autorais que estão ganhando cada vez mais espaço.

O Site Andrezza Barros aproveitou o momento para registrar em um bate papo sobre a live, vida e carreira da dupla. Confira:

Primeiramente, quero agradecer por aceitar participar dessa entrevista. Falando sobre live, ouvimos que vocês estão com uma marcada para o próximo sábado dia 27 de junho. O que o público pode esperar desta festa online?

Beto – “Vai ser uma live bem diferente das que estão acontecendo aqui em BH. Teremos o lançamento de um projeto novo, que é o Serenata Virtual, onde os casais e as pessoas podem pedir uma música que marcou a vida delas. Esse projeto vai ter continuidade posteriormente. Quem vai apresentar a nossa live será a apresentadora Sarah Costa, irmã do Eduardo Costa e ela vai agregar muito com o carisma dela.  Além de toda a cantoria, não vamos deixar de lado a importância da prevenção ao coronavírus, com vídeos educacionais. Nós faremos o teste ao vivo e toda a equipe que estará envolvida na realização da live também será testada. É importante ressaltar que estamos tomando todo o cuidado necessário, com medidas de desinfecção do espaço e dos objetos, uso obrigatório de máscara para quem estiver fora de cena e o mínimo de contato físico possível. E por fim, lançaremos a nova música ‘Terno Preto e Vestido Branco’ e espero que o público goste”.


O tema da live é “Amor de Lares” em alusão a uma música de vocês chamada “Amor de Bares”. Como chegaram a essa ideia de nome?


Breno – “Temos um parceiro, que é o Villefort Atacarejo, que colocou o seu time de marketing para ajudar a pensar em um nome criativo e acabou saindo essa sacada incrível. Além disso, temos o caráter solidário da live, em que ajudaremos o Lar Antônio de Tereza, que ajuda a menores em situação de risco social e esse nome também faz alusão a isso”.


Acreditam que mesmo depois da pandemia, o uso de lives podem ser um bom meio de contato entre artista e público?


Beto – “Com certeza, porque estamos entrando nas casas das pessoas, sem intermediação. É o contato direto com o público e com os nossos fãs, o tete a tete. Queremos levar a música com respeito para dentro das casas das pessoas. Acredito que vai continuar sim, mas vai diminuir quando voltarmos a ter shows. Os artistas menores têm mais dificuldades em conseguir patrocínios. Acredito que os artistas usarão os seus canais para transmitir os próprios shows. Então, a live vai ser o próprio show. Pode ser que algum ou outro artista que não tenha show no final de semana possa realizar uma live como tem acontecido atualmente”.


Vocês se conheceram em 2009 e logo tornaram grandes amigos. Conte um pouco mais para o público quem são Beto & Breno.


Beto – “Nós viemos da roça, do interior. Sempre aquela vida dura da roça de comer farinha com rapadura. Eu até lembro da minha mãe fazendo fubá cozido e eu colocava no prato e jogava café por cima, fazia aquela sopa…  A  nossa infância foi muito parecida, viemos do sertão mesmo. O Breno fez a carreira dele desde menino, chegou a cantar no circo e a música faz parte da vida dele desde então. Eu desde os 9 anos o meu pai me levava na rádio Musirama, em Sete Lagoas. Quando eu tinha 11 anos, meu pai faleceu e eu perdi o meu norte. Parei de cantar, fiquei trancado no quarto um ano e meio em depressão. Aí, um certo dia eu cantando dentro do meu quarto, minha tia que tomava conta do coral da igreja ouviu, achou bonito  e me chamou para começar a cantar. Aí, com 14 anos fui cantar numa banda de baile. Depois, aos 16 anos, o empresário da banda de Baile San Remo me viu e me convidou para cantar no grupo. Como eu era menor de idade, minha mãe teve que assinar o contrato. Depois montei uma dupla sertaneja, que se chamava Luz Gustavo e Alessandro. Em 2009, esbarrei com o Breno e foi amor à primeira vista (risos), e formamos a dupla Breno & Gustavo. Aí ele me largou, foi atrás de uma mulher lá no Espírito Santo, arrumou dois meninos, tá pagando pensão (risos), mas enquanto esteve em terras capixabas, ele seguiu carreira solo como Breno Nogueira, cantou bastante, passou por rádios. Em 2015, o nosso retorno foi como Beto & Breno e estamos firmes e fortes na batalha. As coisas foram acontecendo muito rápido, como o convite do SBT para cantar Casinha Branca para ser a música tema da novela Cúmplices de um Resgate e depois o nosso DVD ‘Entre Amigos’, com as participações de Eduardo Costa, Fabiano Menotti, da dupla César Menotti e Fabiano, além de Edy Brito e Samuel. Aí que a música ‘Amor de Bares’ estourou e começamos a subir em grandes palcos, como o Festival Brasil Sertanejo, no Estádio Mineirão, a Expo Cachaça, o Pedro Leopoldo Rodeio Show e as maiores festas de Minas Gerais”.

Já interpretaram a canção “Casinha Branca”, a pedido do SBT, para ser a música tema da novela Cúmplices de um Resgate. Como foi para vocês realizar esse pedido ?

Beto – “Foi uma emoção muito grande. É o sonho de qualquer artista cantar uma música para ser trilha sonora de uma novela. O interessante é que não foi nada forçado, não foi pago, como alguns artistas fazem. Foi o Arnaldo Saccomani viu o nosso trabalho na internet, gostou e nos chamou para São Paulo para gravar as vozes. A música foi e é a mais executava na novela, que por coincidência está no ar”.


O que podemos esperar da dupla para o restante do ano de 2020? Algum projeto em construção?


Breno – “Ainda estamos acreditando muito em 2020. Continuamos trabalhando a música Amor de Bares, que está caindo cada vez mais no gosto do público, tocando nas rádios e nas plataformas digitais com cada vez mais execuções. Além da live que é um grande projeto nosso,  vamos transformar o registro da live em  um DVD repleto  de clássicos do sertanejo, como Zezé di Camargo e Luciano, Edson e Hudson, Bruno e Marrone, Leandro e Leonardo e outros nomes. Mas o nosso maior projeto é fazer Beto & Breno chegar em cada cantinho desse país”.

 
Deixe uma mensagem para os fãs.  


Breno – “Estamos em um momento muito difícil e complicado para todo mundo em todo o mundo. Temos que ter mais fé em Deus, trazer Deus para mais perto da gente de todas formas. Amar mais o próximo, ser mais solidário. Tem muita gente precisando de ajuda.  Precisamos estar mais unidos, estar mais próximos da família, limpar o coração, parar de bobagens, brigas a toa. Vamos cuidar da saúde, dos nossos pais, de quem a gente ama. E claro, cuidar da gente e ter muita fé em Deus, orar e rezar, pois só Deus para nos abençoar. Muito obrigado pelo espaço e que Deus nos abençoe”.

Jonas Esticado assina parceria com Fábrica de Hits

Jonas Esticado e Renato Sertanejeiro | Divulgação

Um dos maiores nomes do forró nacional e músicas de paredões, Jonas Esticado, assinou uma parceria, tendo seu marketing digital gerenciado pela Fabrica de Hits, de Renato Sertanejeiro e Thiago Gaúcho.

O cantor e compositor iniciou sua carreira profissional em 2014, na banda Forró Esticado. Sua carreira solo aconteceu a partir de 2016, após a gravação de seu primeiro DVD em 2015, na cidade do Crato.

Renato Sertanejeiro diz que estão muito felizes e empolgados em ter Jonas Esticado no casting. “Nosso escritório e os empresários do cantor acreditamos muito no potencial do Jonas. Ele tem tudo para ser um dos maiores artistas do segmento sertanejo e forro”, comenta.

Formado em Administração de Empresas, Renato diz que poderá, agora, viver mais à fundo a oportunidade de criar estratégias para artistas e duplas sertanejas no lançamento de músicas, EPs e DVDs. Além disso, ele expressa que sempre se interessou por esse lado do business. “Agora que consegui conquistar um nome dentro do sertanejo, por que não ajudar esses cantores que me seguem a buscar o espaço deles no mercado?”.

Ele acredita que não há uma receita para o sucesso, mas que haja caminhos que tornam mais rápida a consolidação no meio digital. “É onde está boa parte do público e é vital para quem quer fazer um nome e conquistar seu espaço”, finaliza.

A Fábrica de Hits, sediada em Goiânia, surgiu em 2017 com o objetivo de auxiliar os cantores e duplas no gerenciamento de redes sociais e estratégias de lançamentos digitais. Desde então, Thiago Gaúcho já tem sido o homem por trás de alguns dos principais sucessos da música sertaneja, ao executar o planejamento de mídia e divulgação de canções de duplas e artistas dos mais variados, dos iniciantes aos já “estourados”.