Tempo de Leitura: 2 Minutos

Marcelo Segreto disponibilizou em seu canal do Youtube, o clipe de Bacurau, música lançada em julho e que fará parte do EP “Cinemúsicas, Vol.1, com canções inspiradas no cinema, com divulgação prevista para novembro.

A ideia do videoclipe foi criar uma conversa fictícia de Whatsapp, usando os recursos da câmera de um celular (modo câmera frontal e modo selfie), e trabalhar visualmente questões presentes na letra da canção, que, obviamente, foi inspirada no filme de mesmo nome, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. “O clipe parte da ideia de que as pessoas atualmente costumam se informar por meio dos grupos do Whatsapp, que algumas vezes espalham fake news, e propõe um conteúdo igualmente fake, mas onírico”, conta Segreto completando que procuraram usar alguns dos recursos muito utilizados pelo aplicativo como a reprodução de vídeos, fotos, figurinhas, Gifs e mensagens apagadas.

A direção foi do próprio cantor e compositor e o roteiro feito por ele, também, ao lado de Martina Mattar. Por conta da temática do aplicativo, é ideal que o clipe seja visto pelo celular, na vertical.

Uma das criações do curta foram as figurinhas com as cabeças dos presidentes e governantes brasileiros desde a Independência, fazendo um diálogo com a famosa imagem dos cangaceiros de Lampião mortos pelo Estado. O vídeo mostra também cenas de Marcelo em uma das estações de metrô de São Paulo e imagens das ruas da cidade.

A faixa “Bacurau” retrata a violência e as questões políticas presentes no filme, ora com ironia, ora com melancolia e lirismo. Segundo Marcelo, durante o processo de composição da música, foi possível fazer uma reflexão mais profunda e sincera sobre a sua posição diante das questões e se colocar na história da letra da canção. A produção musical ficou a cargo de Marcus Preto e Tó Brandileone.

Autor

Share.

Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento.

Leave A Reply

%d blogueiros gostam disto: