Tempo de Leitura: 2 Minutos

Entrevista! O cantor e compositor Adriano K., lançou recentemente a música “Naná” em todas as plataformas digitais de música. O clipe será ilustrado em breve. A faixa faz parte de uma sequência de lançamentos do artista em 2020, e com essa novidade, ele fecha o turbulento ano de pandemia com chave de ouro. Composta há alguns anos como um relato autobiográfico, quando Adriano fazia parte da banda Verano, a letra de “Naná” reflete a sua relação com, na época, namorada, e hoje noiva. Naquele período, sua situação era completamente diferente do que é hoje, sem dinheiro, sem perspectiva do que fazer da vida.

Oi, tudo bem? Recentemente você lançou a canção “Naná”. Como sua letra foi criada e como o público tem reagido a ela?

Adriano: Essa música foi escrita em 2017, quando estava em processo de criação e definição de repertório para um álbum que seria gravado pela minha banda Verano. Tenho recebido muitos feedbacks legais em relação a esse lançamento, tanto do meu público, como também de colegas artistas do Brasil todo.

Em breve a música será ilustrada também em um clipe. O que podemos esperar desta produção?

Adriano: Dadas as circunstâncias de pandemia que estamos vivendo, a produção desse videoclipe será feita respeitando as orientações de evitar aglomerações e distanciamento social. Pretendo fazer algo na mesma linha do meu último videoclipe da música “Nossa Canção”, que foi gravado e editado todo por mim, no sofá do meu apartamento e com a participação das minhas cachorras.

O que mudou do Adriano do início da carreira para o Adriano de agora?

Adriano: Nossa, mudou tudo. Esse ano em especial, mudei muito. Acho que muita gente teve a oportunidade de repensar vários conceitos na sua vida durante esse ano. E eu sinto que evolui tanto como pessoa, quanto como artista, me dediquei mais ao autoconhecimento, ao desenvolvimento da minha inteligência emocional, passei a ler mais, voltei a me dedicar aos estudos de música. Acho que esses são pontos em comum que enxergo nos grandes artistas, então é muito importante desenvolver isso também em mim como artista independente.

Para o fim de ano, qual a sua mensagem de positividade para os fãs?

Adriano: Agradeçam todos os dias por estarem vivos, enxerguem todas as coisas que acontecem no planeta como pequenos milagres, e vivam o momento presente!

Quais são as metas para o próximo ano?

Adriano: Já tenho quatro músicas distribuídas e com seus lançamentos programados para o primeiro semestre de 2021. Uma versão acústica de um lançamento desse ano, e três inéditas. Minhas expectativas para o próximo ano são de seguir nessa crescente que tive em 2020, e poder alcançar mais ouvintes e possíveis fãs do meu trabalho e da minha mensagem.

Além de “Naná”, você lançou outras faixas em 2020. Como foi esse ano para sua carreira, mesmo em meio a pandemia?

Adriano: “Naná” foi a quinta faixa lançada em 2020. Apesar da pandemia, que impossibilitou a realização de shows esse ano, foi um ano bom. Pude focar mais no ambiente digital, fiz amizade com artistas do Brasil inteiro, tive músicas tocando em rádios gigantes. Foram muitas realizações, e muito esforço.

Autor

Share.

Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento.

Leave A Reply

%d blogueiros gostam disto: