Cantora, compositora e escritora, Nanda Loren fala sobre carreira e vida pessoal

Nanda Loren é cantora, compositora e escritora. Nascida em Santos, litoral Paulista, viveu sua infância no Rio de Janeiro, junto com os pais e os irmãos. Aos 12 anos Nanda começou a cantar, despertando em seus pais uma certa vontade em investir na área. Nesta mesma idade, Nanda e sua família se mudaram para os Estados Unidos, onde começou a estudar inglês.

Anos mais tarde, em 2011, Nanda volta ao Brasil para integrar o cast de calouros do Programa Raul Gil, no SBT, sendo esta sua estreia em rede nacional. Em 2016 a cantora participou do reality musical The Voice Brasil, na rede Globo, onde integrou o time da cantora Claudia Leitte.

Em 2018, após lidar com a depressão, Nanda escreveu o e-book “Depois de Sobreviver – Depressão na Adolescência”. O livro foi disponibilizado pela autora na Amazon, onde ficou em 1º lugar entre os mais vendidos na plataforma na categoria “Família e Relacionamento”, e em 25º na categoria “Autoajuda e desenvolvimento pessoal”.

Ela começou a cantar por influencia de Angélica (apresentadora). Quando criança, umas de suas brincadeiras favoritas era a de imitar a Fada Bela, a famosa personagem da Angélica que ganhou o coração da criançada nos anos 90. Nanda juntava suas amigas para se apresentar como a fadinha, mas era tudo dublagem! E a pinta famosa da perna da apresentadora também estava lá, pintada com canetinha. Confira a entrevista:

Você é cantora, compositora e escritora. O que a levou a seguir por essas áreas?

Acho que a arte já nasce com a pessoa, eu sempre amei a arte, sempre me fez bem. Cantar foi uma coisa que veio naturalmente, assim como compor. Já escrever, era além de uma vontade, uma outra forma de contar minha história e minhas experiências. Quando escrevi, escrevi sem nenhuma expectativa além de ajudar outras pessoas. 

Em 2016 você participou do reality musical The Voice Brasil, na Rede Globo, com Claudia Leitte como técnica. O que essa passagem contribuiu para sua carreira?

As pessoas passaram a encarar meu trabalho com mais seriedade, me deram mais credibilidade depois de passar pelo programa, o que é muito importante e abre portas. Foi um intensivão, aprendi muito com a minha passagem pelo The Voice e com as dicas da Claudinha, guardo os conselhos até hoje. 

Quais são suas maiores inspirações na carreira?

Acho que hoje em dia minha maior inspiração sou eu mesma. O que eu quero dizer com isso é que eu vejo meus próprios limites e quero cada vez mais sempre ultrapassá-los. Quero superar meus medos e me conhecer cada vez mais como pessoa e também como artista, ver até onde posso chegar e entender onde posso crescer. Meus fãs também me mostram tanto apoio, tanta força, que isso me impulsiona e me inspira demais também, sem eles eu não sei se teria continuado a cantar.

E quais são seus planos para esse ano artisticamente ?

Esse ano o plano é lançar uma música por mês. Mostrar diversas facetas dentro do Pop e mergulhar totalmente na música, com feats e colaborações bem inesperadas. A minha próxima música de trabalho, que sai em Abril deste ano, vai ser uma música que fala sobre saúde mental e autoconhecimento. Eu estou muito feliz porque acho que vai impactar as pessoas positivamente, principalmente pelo momento que estamos vivendo. Não vejo a hora de jogar ela pro mundo!

Para o público que ainda não a conhece, quem é Nanda Loren?

Uma menina cheia de sonhos, que gosta de usar a arte como forma de se conectar com as outras pessoas. Pra mim, se eu tocar uma pessoa com a minha música, tudo já valeu a pena. Eu já vivi muitas coisas, coisas pesadas e coisas incríveis, já me fechei muito e me moldei demais pro mundo, mas hoje eu me reencontrei e sou um livro aberto. Seja pelas redes sociais, através do meu e-book ou das minhas músicas, quem quiser, consegue me conhecer bem profundamente… eu amo isso, porque no final das contas, eu só quero ser ouvida. 

Ainda em 2016, você lançou sua primeira música da carreira solo. Qual foi a sensação de ter a canção “A Original” sendo lançada aos quatro ventos?

Foi muito legal! Apesar de ser uma música muito mais voltada pro mainstream, eu me diverti muito criando a música, o clipe, e com todo o processo de divulgação.

No ano passado você ganhou o prêmio de “Melhor Lançamento de Novo Artista” do site BreakTudo Awards com a música “Vou Estar Com Você”. Qual foi o sentimento ao receber esse prêmio?

Ai, foi emocionante! Foi meu primeiro prêmio, então eu vou ter um carinho enorme por ele pra sempre! Eu amo o BreakTudo, eles são incríveis.

Em 2018 você escreveu o e-book “Depois de Sobreviver – Depressão na Adolescencia”. Qual é a importância desse livro para você?

Esse livro é tudinho pra mim! Como eu disse, eu o escrevi sem expectativa nenhuma. Muita gente me pedia ajuda na internet, me contavam seus problemas super íntimos e não sabiam por onde começar pra encontrar ajuda. Eu queria mostrar o caminho e essa foi a forma que encontrei. Eu não sou médica, nem psicóloga, mas tendo já passado por situações muito difíceis, eu pude dizer exatamente como foi pra mim e quais as ferramentas que eu encontrei pra ser feliz de novo. 

Deixe uma mensagem.

Acreditem em vocês, sejam seus melhores amigos, sejam luz. Vocês podem fazer a diferença na vida de alguém, mas também na sua própria vida. 😊

Andrezza Barros

Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *