Lançamentos da MUBI são selecionados para competirem na Mostra Internacional de SP

A plataforma de curadoria e streaming MUBI anuncia a seleção de seus próximos lançamentos que estarão na 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo: Notturno, de Gianfranco Rosi (Itália, França, Alemanha), estará na categoria Perspectiva Internacional; Suor/Sweat, de Magnus von Horn (Polônia, Suécia), e Farewell Amor, de Ekwa Msangi (EUA), uma coprodução MUBI, competem na categoria Novos Diretores.

Dirigido por Gianfranco Rosi (Fogo no MarSacro GRA), também responsável pela cinematografia e trilha sonora, Notturno participou dos festivais de Veneza, Nova York e TIFF entre outros. O documentário retrata a vida no Oriente Médio, região afetada pela tirania e terrorismo, e como a humanidade resiste em meio à violência e destruição. Filmado nos últimos três anos, nas fronteiras entre Iraque, Curdistão, Síria e Líbano. 

O drama sueco-polonês Suor/Sweat, de Magnus von Horn (The Here After), fez  parte da seleção oficial de Cannes em 2020. O filme acompanha três dias na vida de Sylwia Zajac (interpretada por Magdalena Kolesnik), uma influencer fitness. Apesar dos milhares de seguidores e de funcionários leais, a celebridade das redes sociais busca por intimidade verdadeira.

Premiado por sua produção no festival de Sundance 2020, Farewell Amor, da diretora e escritora tanzaniana-estadunidense Ekwa Msangi, conta a história de Walter, após 17 anos no exílio, quando finalmente se reúne com sua família depois de ser forçado a deixar Angola para a cidade de Nova York. Ele buscará sua mulher, Esther, e sua filha, Sylvia, no aeroporto para levá-las para seu apartamento de um quarto no Brooklyn. Eles descobrem rapidamente como os anos de separação os transformaram em estranhos absolutos. Enquanto tentam superar os obstáculos pessoais e políticos entre eles, a memória muscular da dança os levará a encontrar o caminho de volta para “casa”. Farewell Amor é uma história de imigrante que definiu a paisagem americana desde seu início.

“A exibição dos três releases MUBI junto à Mostra de São Paulo, um dos principais eventos de cinema internacional, é muito importante porque reforça nossa estratégia de lançamentos para a América Latina e amplia nossas parcerias e atuação no Brasil”, declara Juliana Barbieri, Country Manager, MUBI Brasil.

De mãe para filha: o que o cinema pode nos ensinar sobre a feminilidade

O cinema e a psicanálise nasceram juntos, no século 19. Alfred Hitchcock ocupou perfeitamente esse espaço, ao aplicar a psicanálise às suas produções. A partir deste mesmo referencial, a psicanalista e escritora Malvine Zalcberg analisa a construção de identidade entre mães e filhas em De menina a mulher: cenas da elaboração da feminilidade no cinema e na psicanálise.

Em 352 páginas, a doutora em Psicanálise se utiliza dos enredos dos filmes – muitos oriundos da literatura autobiográfica e das ficções – para transitar sobre as questões que envolvem o referencial da figura da mãe na construção da identidade feminina. Razão e Sensibilidade, Melancolia, Animais Noturnos e De Olhos Bem Fechados estão entre as produções que emprestam nomes – para titular os capítulos – e histórias à abordagem psicanalítica de Malvine.

Em torno da pergunta “O que é ser mulher?”, a psicanalista mostra os delicados fios que se desenvolvem para tecer a estruturação psíquica feminina. Ela analisa os aspectos envolvidos na criação de uma identidade própria que cabe a cada mulher conquistar, já que mais do que ‘nascer mulher, ela torna-se’. Para tanto, desde pequena a menina depende, em grande parte, dos recursos psíquicos dotados pela mãe, influenciada também pela forma como esta lida com a própria feminilidade.

Lançado também em francês, De menina a mulher nasce do desejo da autora – convencida da importância de transmitir as contribuições da psicanálise ao grande público – de trazer uma abordagem não sobre as mulheres, mas para elas, nesse caminho delicado, complexo e enigmático no relacionamento de mãe e filha. Enquanto elas terão respostas, os homens encontrarão perguntas que os farão rever conceitos e crescerem em humanidade.