Tempo de Leitura: 3 Minutos

Com a temporada favorita dos cariocas chegando, muitas mulheres já começaram a cuidar do corpo para o “shape” da estação

Com o frio se afastando, as temperaturas subindo e a sede do verão batendo na porta, também se torna o momento perfeito para espantar a preguiça gerada pelo inverno e começar os preparativos para a época mais quente do ano. Os projetos de verão são conhecidos por combinações de exercícios junto de uma alimentação saudável, perfeitos para deixar o corpo “em forma” de maneira saudável de maneira mais intensa.

“Os projetos de emagrecimento precisam ser um acordo mútuo entre as minhas alunas e eu… porque por mais que eu me esforce para ajudar, a mudança realmente só acontece quando a via é de mão dupla.” – Gui Guedes, personal trainer focado em saúde e performance feminina.

O profissional diz que treinar em casa também não é desculpa para abandonar o barco, já que o mesmo oferece mentorias e acompanhamento online.

“Atualmente, estou em atividade como personal e tenho um programa de treino online com aulas ao vivo todos os dias em vários horários. É basicamente uma academia online, ajudando inclusive quem ainda está treinando em casa.”

E como tudo na vida, só vem com vontade e motivação.

“O foco é o seu melhor amigo, ele precisa estar presente durante os processos. Faça também um acompanhamento com um nutricionista, para que a alimentação esteja “nos conformes”, além de não esquecer de chás que são diuréticos naturais.”

E pensando nisso, Gui compartilha alguns exercícios que podem ajudar durante esse período.

  1. Agachamento

“Quando se trata de definir bumbum e pernas, nada nunca será melhor do que o bom e velho agachamento”

Não existe um número exato de quantos agachamentos cada pessoa deve fazer, pois varia bastante entre a condição física de cada um, assim como a resistência física. Na maioria dos casos, o aconselhado é fazer de 3 a 4 séries com cerca de 12 repetições, começando sem peso e depois adicionando pesos leves.

  1. Prancha frontal

“A prancha é um excelente exercício, porque além dele poder ser feito em qualquer lugar, ele não exige máquina e nem carga, apenas o peso do seu corpo e sua capacidade de se estabilizar pelo maior tempo possível.”

É importante contrair bem o abdômen, e se manter tentando “jogar o umbigo para dentro”. Sempre deixe o quadril bem alinhado com o tronco, pois se o mesmo estiver muito elevado, a pressão no abdômen é reduzida e o exercício perde o propósito, se o quadril estiver muito abaixo a pressão vai toda para a coluna lombar, o que acaba tornando-o perigoso. Se estabilize, comece com pouco tempo e vá aumentando gradativamente.

  1. Sentar e levantar de uma cadeira

“Sentar e levantar é uma ação corriqueira no dia a dia, que todos nós fazemos em vários momentos da nossa rotina, seja para almoçar ou dirigir. Quando essa movimentação é feita de forma consciente e com controle, ela se transforma em um exercício bastante eficiente para fortalecer as pernas, a lombar e o core.”

Sem mexer os pés, use de um pequeno impulso para se levantar, usando os músculos da perna para erguer o corpo em um único movimento. Lembre-se de manter os pés imóveis durante todo o exercício e de alinhar os joelhos. Não deixe que eles se estique além da metade dos pés ao ficar de pé.

  1.    Afundo unilateral

“O afundo unilateral é uma opção bastante assertiva para quem busca a definição da parte inferior do corpo. Praticantes de esportes como basquete e futebol são assíduos desse exercício, pois fortalecer a região ajuda a prevenir lesões.”

O ideal é a perna de trás alinhada com o tronco no momento de flexão do joelho. Você dar um passo muito curtinho ou muito alongado torna o exercício perigoso, e proveniente de lesões, além do “não afastamento” correto das pernas atrapalhar o recrutamento dos músculos.

  1. Flexão de braços

“Uma única flexão de braço trabalha os músculos do peitoral, dos tríceps, linha dos ombros, abdômen, lombar e os membros inferiores. Um dos poucos exercícios mais completos que existem.”

Mesmo com as flexões sendo um excelente exercício, é preciso tomar cuidado com os excessos – que podem ocasionar lesões. Número de repetições, pausas e velocidade do movimento devem ser estipulados respeitando o seu condicionamento físico. Comece com 5, depois 10 e vá subindo gradativamente.

Share.

Leave A Reply

%d blogueiros gostam disto: