Professor lança canal sobre língua portuguesa no YouTube

O projeto nasceu da necessidade de ajudar aqueles alunos que pretendem prestar vestibular e, devido a pandemia, tiveram os seus estudos prejudicados, ou aqueles que querem aproveitar o tempo extra para dar uma revisada e aprofundada nos temas antes das provas.

No canal, é possível conferir vídeos sobre literatura, análise de obras, dicas de redação, gramática e muitos outros assuntos, com informações essenciais para quem quer ter um bom resultado nos vestibulares, sempre com um tom descontraído, e fácil de acompanhar. Além disso, o canal conta com quadros de entretenimento que brincam com as questões do uso cotidiano do português.

Formado em Letras pelo Instituto Singularidades e Jornalismo pela PUC-SP, Pedro Ruffo tem Mestrado pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa da PUC-SP. É professor de duas escolas privadas de São Paulo. Passou pela E.E. Martim Francisco e pelo Cursinho Popular Clarice Lispector (USP-Farmácia). Trabalha com Educação desde 2015 e seu objeto de estudo engloba a intertextualidade bakhtiniana na literatura infanto-juvenil. Dedica-se a estudar, também, as “fake news” e os impactos desta na opinião pública.

Além de professor e jornalista, Pedro é ator e seus últimos espetáculos foram: o musical “ELTON – the first 70 years” (2017), dando vida ao protagonista, Elton John; o drama de Federico García Lorca, “A Casa de Bernarda Alba” (2016-2018), indicado ao Prêmio Belas Artes; a comédia “A Caixa” (2018) e a comédia “Manjar dos Deuses” (2016-2019). Recentemente, participou do vídeo “O crush de cada signo”, do canal Deboche Astral.

Oi, tudo bem? Você criou um canal do YouTube para ajudar alunos a se prepararem para o vestibular e também aprofundar-se nos temas propostos antes das provas. Mas de onde surgiu a ideia dessa criação?

Pedro: Inicialmente, com a pandemia e o período de isolamento social, queria ajudar as pessoas a continuarem estudando língua portuguesa o mínimo que fosse. Com o tempo, fui conhecendo melhor as possibilidades das plataformas e sentindo a necessidade de ampliar o meu repertório pessoal e a minha comunicação com um público mais amplo. No entanto, trabalho em duas escolas e a demanda em tempos reais já é alta, mas no ensino remoto, parece que tudo potencializou. A frequência das postagens e do conteúdo não é das melhores por conta disso, mas quando consigo um tempo extra para produzir, busco dialogar com frentes diversas e sobre inúmeros conteúdos, alinhando as possibilidades e linguagens de acordo com as diferentes plataformas (Insta e Youtube)

Como tem sido a recepção do público com o canal?

Pedro: Hoje mesmo recebi uma mensagem de uma pessoa: “E o canal?”. É isso: as pessoas receberam super bem. Sentem falta de mais vídeos. Eu quero produzir mais, porque sei o alcance que tem. Os feedbacks são maravilhosos! As pessoas aprendem e se divertem. Isso é muito bom!

Durante a pandemia, muitos alunos acabaram sendo prejudicados. Você acredita que canais como o seu possam contribuir neste momento ?

Pedro: Eu só quero acreditar nisso, mas sei que existem muitas outras questões por trás. Com esse período, pude perceber o quanto as pessoas ainda não tem acesso aos recursos tecnológicos. Parece que sim, mas o buraco é mais embaixo. Há um abismo social imenso no Brasil e gostaria de dialogar mais com as classes mais baixas, mas infelizmente, a internet ainda não é o caminho para isso. Claro que estou tendo um alcance interessante, mas ainda não cheguei nem na metade do que desejo. Ainda assim, o canal pode contribuir e muito para o aprendizado nesse momento, principalmente, porque me preocupo muito em fazer as pessoas rirem, aprender sorrindo, gargalhando, se divertindo. Esse sempre foi um lema, um objetivo, mas na pandemia, isso ganhou uma força ainda maior…

Além de professor, você também trabalha na área de ator. Quais são suas metas nesta área?

Pedro: Confesso que tenho me frustrado menos como professor, mas o meu coração bate forte demais pelo teatro. Tenho sentido muita falta. Gostaria de dedicar mais tempo à atuação (e irei!). O ano de 2020 não foi o momento ideal para pensar nisso. Admiro os colegas e amigos que se mantiveram firmes. Escolhi mergulhar de cabeça, nesse momento, na construção da minha carreira como professor, mas o que faço na internet, com a língua portuguesa, não deixa de ser arte. Até 2019, consegui conciliar bem as duas carreiras e em 2021 irei retomar isso. É possível e todos sempre me incentivaram nisso. Eu me tornei professor. Ator: eu sou!

Em um país onde o professor não recebe o verdadeiro valor, porque escolheu a profissão?

Pedro: Acho que escolhi tudo aquilo que não recebe o verdadeiro valor. Eu sou ator num país fadado ao fracasso, com pessoas mal educadas, onde a escolaridade básica é falha e irresponsável no sistema público, e no sistema particular está cada dia mais clientelista. Em um país que não reconhece o poder, a força e a influência que tem a arte na vida dos seres humanos. Onde não se incentiva o consumo de produtos culturais. Sou professor de língua portuguesa e sou formado em jornalismo. Penso que são as três classes mais atacadas nos atual governo. Talvez devesse ter nascido na França…

Quais são suas expectativas para as escolas em 2021?

Pedro: O hibridismo que se falava de uns anos pra cá chegou mais rápido do que muitos imaginavam e, de certa forma, veio para ficar. Uma coisa é certa: a escola do jeito que sempre foi ainda é muito necessária. Os pais precisam dos filhos na escola, as crianças e os jovens querem estar na escola e a escola ainda é um lugar de muita força, muita construção e muita aprendizagem. Que não fique tanto tempo de 2021 nesse ensino remoto. Que sistema ruim! Chato! Frustrante para todos! Eu cansei de ver ícones do Homer, da Hermione, dos gifs de cachorro, de carros, do Neymar. Saudades de gente, dos alunos conversando paralelamente e interrompendo a dinâmica da aula. Isso sim é escola. É conversa de corredor, risada, construção de identidade, aprendizado sem o pai e a mãe 24 horas ao lado da criança, impedindo-a de construir sozinha. Os jovens são tão potentes, só a escola é capaz de mostrar isso a eles.

Deixe uma mensagem.

Pedro: Que possamos voltar a colecionar sonhos!

Confira as novidades através do Instagram @pedroruffo o link do canal no YouTube está na bio.

Um comentário sobre “Professor lança canal sobre língua portuguesa no YouTube

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s