Cantor Lih fala sobre experiência de lançar série no Instagram sobre novo EP

O cantor Lih lançará seu primeiro álbum OIT8 em 6 de novembro, e enquanto isso não acontece, o artista vem trazendo uma série de vídeos em seu Instagram oficial para apresentar o processo de criação e finalização do novo projeto. Os vídeos têm aproximadamente dois minutos e neles, os fãs também encontram histórias sobre as composições das faixas, escolhas de instrumentos e muito mais. Além disso, junto com o vídeo é disponibilizado um link temporário para escutar uma das faixas do álbum.

Oi, tudo bem? Você está prestes a lançar seu primeiro álbum no próximo mês. Como está sendo o processo de criação?

Lih: As canções presentes no álbum OIT8 foram compostas nos últimos oito anos e refletem minhas experiências como cantor e compositor querendo seguir um sonho e viver para a música. A produção artística ficou por conta do Mabe e nossos encontros começaram em fevereiro, em seu estúdio, na Zona Norte de São Paulo. Com a chegada da pandemia, fui para Alagoas e o Mabe ficou em São Paulo, mas continuamos a produção pela internet. Nos falamos bastante por WhatsApp, trocando referências, escolhendo timbres de instrumentos e definindo a lista final de canções. A partir de agosto, voltamos a nos reunir presencialmente para gravar as vozes e finalizar o projeto, que ficou pronto exatamente oito meses depois do início.

Sobre criar uma série de vídeos no Instagram apresentando o processo de criação e finalização do novo projeto. De onde surgiu essa ideia?

Lih: Contei com o apoio do Marcos Bohrer e da Camila Choqueta, da Angorá, que me incentivaram a “botar a cara” nas redes sociais. Sempre fui mais reservado, mas o Marcos sugeriu que aproveitasse o espaço para contar um pouco sobre a motivação de cada composição e também sobre o processo de criação do álbum. Achei a ideia super legal e me senti confortável falando sobre algo que gosto muito, me parece natural.

Nos vídeos apresentados, os fãs também vão encontrar as histórias sobre as composições das faixas. Poderia nos dar um spoiler sobre alguma dessas histórias?

Lih: Cada episódio fala sobre uma das faixas do álbum e os dois últimos que virão nas próximas semanas são muito legais. As duas canções que fecham OIT8 foram as últimas a serem feitas e têm as letras mais provocativas. Segunda-feira fala sobre procrastinação e foi feita em um clássico momento no qual eu deveria estar fazendo outra coisa que não música. Ela também é especial, porque conta com um poema do meu irmão.

Como tem sido a recepção dos fãs com essa interação que também conta com um link temporário para escutar uma das faixas do álbum?

Lih: Estou muito feliz com as respostas à série, mas principalmente com os diálogos que essas conversas têm possibilitado sobre os temas que decidi abordar no álbum. Muitas pessoas estão se identificando com o que falo nas letras, e as descrições encontradas nos vídeos facilitam ainda mais o entendimento.

Para que o público conheça um mais sobre Lih, nos conte um pouco sobre você.

Lih: Me chamo Henrique Leahy. Nasci e cresci em Maceió, Alagoas, e atualmente vivo em São Paulo. A música sempre fez parte da minha vida como uma grande paixão. Não sou filho, nem neto de músicos, mas minhas memórias afetivas estão muito ligadas ao cantar. As canções têm um poder incrível sobre mim e me vejo arrebatado por elas constantemente. Comecei a tocar violão somente aos 19 anos e a partir daí comecei a compor canções mais completas. De 2009 a 2013 liderei a banda Betamax, que fez bastante sucesso em Alagoas e tem um álbum lançado. A partir de 2014 decidi seguir carreira solo, tocando e gravando minhas canções. Foi apenas esse ano que consegui gravar meu primeiro álbum solo e quando também decidi mudar meu nome artístico para não confundir meus dois projetos musicais. Lih é o cara que faz as canções autobiográficas em português. Henrique Leahy é o compositor de baladas em inglês. Os dois estão no Spotify!

Quais são suas expectativas para o lançamento do primeiro álbum?

Lih: Muito ansioso, mas com a sensação de dever cumprido. Estou muito orgulhoso do resultado que alcançamos com OIT8 e, pela resposta do público até agora, tenho certeza que esse álbum vai reverberar bastante por aí.

Além deste, existe algum plano para o futuro?

Lih: Espero poder apresentar o álbum ao vivo pelo Brasil. Mais a curto prazo, pretendo gravar um show completo com essas e outras canções que fazem parte da minha vida.

Deixe uma mensagem.

Lih: Acompanhem a série FAZENDO MEU PRIMEIRO ÁLBUM no IGTV e, no dia 6 de novembro, OIT8 estará em todas as plataformas digitais. Valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s