Especialistas apontam que a produção de conteúdo pode ajudar crianças a desenvolver habilidades

Nos dias de hoje cada vez mais pessoas se aproximam de conteúdos digitais, em especial os vídeos, que apresentam temáticas para todas as idades, inclusive para crianças. Os Youtubers infantis têm um público assíduo e muitos materiais para a diversão dos menores e tranquilidade dos pais, além disso, desenvolvem diversas habilidades por meio da comunicação.

A youtuber mirim Lívia De Marchi Lopes, que tem apenas seis anos, demonstrou interesse na produção de conteúdo logo cedo, enquanto assistia a diversos vídeos de canais parecidos. “Ela mesma decide tudo o que vai ser colocado no canal. E desde o começo, tinha interesse em mostrar o dia a dia e as brincadeiras que fazemos em casa”, afirma a educadora Adriana De Marchi, mãe de Lívia.

Os pais devem estar presentes e acompanhar essa evolução dos pequenos, e ainda tem uma série de fatores que devem ser levados em consideração como a saúde mental e também informações pessoais, como endereço residencial e também dados da escola frequentada pelas crianças. É essencial manter esses dados em sigilo para evitar problemas de perseguição. De acordo com a professora e pedagoga Laura Mendes, compartilhar vídeos e conhecimento é muito válido, porém tudo deve ser acompanhado pelos pais.

Além dessas questões, a produção de conteúdo feita por crianças auxilia no desempenho em diversas outras frentes, especialmente na comunicação. Mas, vale lembrar que estudar e se aprimorar para ter um bom canal não significa que a criança, ou adolescente, vai ficar rico ou famoso. O envolvimento com a novidade precisa ser visto como uma nova ferramenta para vencer a timidez e melhorar a expressão, duas habilidades fundamentais que irão garantir um bom desempenho na fase adulta. E, inclusive, poderia ser uma prática absorvida pelas escolas.

Segundo a consultora de marketing digital e professora especialista em criação conteúdo para crianças Priscila Pereira, essas realizações enriquecem o intelecto. “Criar um vídeo explora a criatividade, além disso, a produção exige pesquisa, disciplina e inteligência emocional, habilidades que devagarinho vão sendo trabalhadas nos pequenos e ajudam no seu desenvolvimento como ser humano”, relata.

Devido ao interesse de Lívia, os pais procuram auxilio de uma profissional que pudesse trabalhar o talento da pequena de forma mais educativa, onde mesmo sem saber ainda escrever direito, compreendeu e aprimorou o que ela já tinha como habilidade e desenvoltura. A mãe da Lívia reforça esse argumento. Para ela, a gravação dos vídeos tem contribuído bastante com o desenvolvimento da filha, especialmente em relação a linguagem que ela usa e também o raciocínio de começo, meio e fim para construir os roteiros.

Priscila também ressalta a importância de conversar com a criança e deixar claro o suporte, além de esclarecer a necessidade de dedicação para o crescimento. Uma boa ideia é procurar um profissional e cursos de produção de conteúdo para vídeos e edição, como uma maneira de colocá-los no melhor caminho, para que tudo aconteça de forma muito saudável e assim, colher os frutos depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s