Conheça Bia Menezes, exemplo de talento e dedicação

Quando criança, Bia Menezes achava a profissão da mãe muito ‘’estranha’’ | Reprodução/Instagram

Apaixonada por sua cachorrinha Piper Hart, a carioca Bia Menezes vem conquistando cada vez mais espaço na carreira que tanto ama, dando voz a personagens que marcam e chamam a atenção do público. Filha da também dubladora Ana Lúcia Menezes, tem em seu currículo personagens como: Piper Hart em Henry Danger; Chloe Thunderman em The Thundermans; Riley Matthews de Garota conhece o mundo; Vera em Pokémon o Filme: Eu escolho você!; Peppa na animação Peppa Pig; Babe Carano em Game Shakers; Luz Lascurain em Meu coração é teu; entre outros.

Bia cedeu uma entrevista para o site onde contou um pouco sobre seu início, suas metas para o futuro e muito mais. Confira:

Olá Bia, muito obrigada por ceder seu tempo para a entrevista. Por ser a filha da talentosa Ana Lúcia Menezes, sente alguma pressão ou leva tudo numa boa?

“Oi! Então, eu já senti muito mais pressão do que hoje. Eu consegui entender que somos pessoas diferentes, minha mãe é muito mais comunicativa, extrovertida, eu sou mais quieta, na minha. Às vezes pensam que sou metida, mas não, sou um pouco tímida. Demorei para entender isso, mas me sentiria muito realizada se chegasse perto do talento da minha mãe”.

Tendo iniciado sua carreira em 2007, como surgiu o amor pela dublagem? Conte ao público um pouco como foi este início, suas maiores dificuldades e afins.

“Eu iniciei bem nova, tinha uns sete anos. Sempre fui para os estúdios com a minha mãe e achava a profissão dela muito ‘’estranha’’. Ninguém da minha escola tinha pai ou mãe desse meio, eu sempre precisei explicar para os meus amigos. Depois foi se tornando algo muito normal. Confesso que ficava perdida no estúdio, entrei já gravando. As outras crianças tinham feito curso, conheciam totalmente. Foi desafiador! Mas me apaixonei de cara e não consegui mais parar de dublar. Vi que realmente nasci para isso, não me imagino parando a dublagem e seguindo outra profissão, por mais que eu queira ter outras opções”.

Qual dos seus personagens considera o mais importante? Existe algum que gostaria de dar a voz no futuro?

“A Peppa Pig! As pessoas passaram a me conhecer depois desse desenho, marcou muito minha trajetória. Hoje em dia eu não dublo mais ela, na época eu fiquei muito triste pela substituição, mas eu realmente precisava passar por isso. Me tornou forte e me deu mais maturidade para saber lidar com críticas do público e reter apenas o que é bom. Eu gostaria muito de fazer uma série ou um filme em que eu seja a protagonista e que dê bastante audiência, algo difícil para eu superar os obstáculos”.

Quais são suas metas profissionais a longo prazo ?

“Eu tenho muita vontade de investir na minha carreira. Fazer aula de canto, voltar pro YouTube, crescer no Instagram, fazer peças de teatro… Tenho muita vontade de trabalhar para alguma emissora de televisão, mas sem ser atriz. Como apresentadora, ter meu próprio programa (risos). Mas isso são sonhos, vou precisar de bastante perseverança para conquistar”.

Dentre outras, você dá voz a Peppa Pig. Como tem sido recebida pelo público?

“Eu amo receber o carinho do público através desse desenho. Hoje quem dubla é a Estefany Cristine, mas recebo muito retorno desse trabalho. Como relatei, fiquei bastante abalada com as críticas na época, mas hoje eu vejo esses elogios como uma recompensa de todo o meu esforço e dedicação por esse trabalho. Sou grata a Deus por ter passado por toda aquela pressão na época e não ter desistido”.

Ainda sobre a Peppa, você divide espaço com sua mãe que faz a Suzy, melhor amiga da protagonista. Como é trabalhar ao lado dela?

“Eu amo trabalhar com a minha mãe, ela é a minha maior inspiração na dublagem. Confesso que ela me cobra muito quando está me dirigindo numa produção, mas sei que ela quer sempre extrair o meu melhor. Não conseguimos ficar juntas no estúdio, porque temos crise de riso. É impressionante! Sempre agradeço a Deus pela vida dela, sem ela eu não teria descoberto essa profissão que sou tão feliz no que faço”.

Deixe uma mensagem.

“Quero agradecer o carinho de todos! Recebemos sempre um ótimo retorno do nosso trabalho, as vezes não conseguimos responder todas as mensagens, mas sou grata pela vida de cada um. E para quem está começando a dublar, não desista, essa profissão requer muita perseverança. Creio que tem lugar para todos e em breve estaremos juntos nos estúdios. Não desistam dos seus sonhos, no momento certo, Deus te abençoará! Um beijão”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s