Joy Ginger: Batida futurista chinesa chega ao cenário musical ocidental

“Eu gosto de pensar que minha música pode fazer as pessoas terem a sensação de um futuro desconhecido. Especialmente durante esses tempos difíceis de pandemia” | Divulgação

O músico chinês Joy Ginger é uma figura ativa na cena underground de clubes em Pequim há vários anos. Um de seus principais pontos fortes é nunca se limitar a um gênero específico, permitindo que ele explore e incorpore diferentes elementos musicais em seu som peculiar.

Em 2017, Joy Ginger foi nomeado para receber o prêmio de “Melhor Single de Dance Music” após o lançamento de seu EP de estreia “Love Is Illusion”, CMIC – no China Music Industry Committee Music Awards – uma das cerimônias de maior prestígio para artistas da Ásia. Depois de trabalhar em alguns singles, ele lançou um EP chamado “Love is Medicine” com a Babel Records, que foi bem recebido pelo público e profissionais de mídia da região em 2019.

Frequentemente resumido como um artista neo-soul com um coração etéreo electro-pop e cheio de batidas futuristas, Joy Ginger lança seu terceiro EP “Spring Ravine” com a Disrupcion Records, uma gravadora espanhola, através de seu selo ZOU e distribuição pela The Orchard.

O EP tem três faixas: “Spring Ravine”, “Moonlight in the Pines” e “Dry Light Mountains” que variam entre músicas texturizadas que são astuciosamente sedutoras até toques sutis de sintetizadores.

Este EP foi produzido por Joy Ginger em seu estúdio em casa, em Pequim, durante o período de quarentena da Covid-19. Embora fisicamente afastado do barulho da cidade, Joy Ginger inspirou-se nas artes chinesas antigas, explorando o espírito Zen com um toque futurista.

Na vanguarda da cena musical de Pequim, Ginger diz: “Eu gosto de pensar que minha música pode fazer as pessoas terem a sensação de um futuro desconhecido. Especialmente durante esses tempos difíceis de pandemia. Eu quero poder combinar esse sentimento de mudança e constante movimento com as minhas músicas e proporcionar algum tipo de tranquilidade no som”.

O lançamento do EP solidifica o desejo de Ginger de estreitar a ponte entre o Oriente e o Ocidente, expondo sua música ao mercado ocidental com seu interesse contínuo em músicas futuristas.

Você pode encontrar o novo EP de Joy Ginger “Spring Ravine” em: https://bit.ly/joy-ginger-spring-ravine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s